Matusalém & Castelan Advogados Associados

OAB/SC sob o n⁰ 1076/2005

Especializado em Direito Previdenciário

 

Notícias

Últimas notícias

Cuidado: golpe da previdência

17/02/2012


Aposentados e pensionistas em vários estados continuam a ser alvo de quadrilhas que tentam aplicar o golpe da previdência. A abordagem ocorre por meio de cartas enviadas pelos correios e por e-mail, solicitando a realização de um depósito para o recebimento de um pagamento judicial. Os golpistas  alardeiam vitória em uma suposta “Ação Pública” gerada para ressarcir os beneficiários de montepios ou pecúlios que tiveram a falência decretada, como Capemi, Capserv Previdência, Montepio Mongeral da Família Militar, CaixaGeral S/A Seguradora.
Citam ações judiciais inexistentes e apresentam valores supostamente corrigidos das contribuições até o fim do ano passado para atrair os incautos e motivá-los a pagar a guia de recolhimento de despesas judiciais, em geral, acima de R$ 3 mil para capitais próximos de R$ 60 mil. Usam expressões do juridiguês como “Pagamento Judicial”, “Acordo Judicial”, “2ª Instância” e “V.S. foi beneficiado”, colocando até um telefone para eventuais contatos.
O propósito dos estelionatários é estimular as vítimas a pagar logo as custas. Mas trata-se de um golpe e não haverá qualquer liberação de dinheiro após o depósito, porque os processos são falsos. Então a recomendação é que as possíveis vítimas desses golpes evitem o contato com estes estelionatários. Mas guardem o envelope e a carta para entregá-los às autoridades policiais. O site da Susep, a autarquia que fiscaliza e regula o mercado segurador, enumera diversos golpes semelhantes que estão ocorrendo no mercado de seguros e de previdência privada.  (Fenaseg)

FONTE: ANAPAR