Matusalém & Castelan Advogados Associados

OAB/SC sob o n⁰ 1076/2005

Especializado em Direito Previdenciário

 

Notícias

Últimas notícias

Disponibilidade de extrato previdenciário

09/02/2012

O serviço está disponível no internet banking
Os segurados da Previdência Social que são clientes da Caixa Econômica Federal (CEF) já podem acessar o seu Extrato de Informações Previdenciárias, por meio do Internet Banking daquela instituição bancária. O novo serviço é decorrente do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Ministério da Previdência Social, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Caixa. A assinatura do convênio foi realizada nesta quarta-feira (8), em cerimônia no Ministério da Previdência. O próximo passo da parceria é disponibilizar as informações em outros pontos da CEF, como caixas eletrônicos, as salas de autoatendimento e as casas lotéricas.
Durante a solenidade de assinatura do convênio o ministro Garibaldi Alves Filho informou que, do total de 29 milhões de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), 4,8 milhões são correntistas da CEF. Essa clientela poderá acompanhar, mensalmente, se o empregador está recolhendo suas contribuições e, ainda, solicitar a correção ou inclusão de períodos que não constem do cadastro. O objetivo do convênio, explicou o ministro da Previdência Social, é facilitar o acesso dos segurados às informações sobre vínculos e remunerações que constam do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).
O vice-presidente de Logística e Retaguarda da CEF, Paulo Roberto Santos, informou que a Caixa está criando um plano de comunicação interna para estimular o cadastramento no internet banking dos segurados que ainda não fizeram seu cadastro. O serviço de consulta de informações previdenciárias estava disponível apenas para segurados clientes do Banco do Brasil. Com este novo acordo, os segurados da Previdência Social correntistas da Caixa Econômica terão suas informações previdenciárias mais acessíveis.
CNIS
O CNIS é um banco de dados do governo federal, que reúne informações dos trabalhadores brasileiros, como recolhimentos à Previdência Social. Os dados são recebidos de diversas fontes. As informações de vínculos relativos ao Regime Próprio de Previdência, dos servidores públicos não são fornecidas no extrato.
Demais segurados - Os segurados que não mantém contas na Caixa Econômica ou no Banco do Brasil podem acessar o Extrato de Informações Previdenciárias por meio do Portal da Previdência, desde que possuam senha fornecida nas Agências da Previdência Social. Para obter a senha é necessário agendar o atendimento pela Central 135.   (Natália Oliveira - ACS/MPS)

FONTE: ANAPAR